ALGARCATALOGO

Clique na imagem:

algarsementes
Bootstrap Example

Lista de Tipos de Sementes:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

19
Jan
22

liquidambar-liquidambar-styraciflua._2nd.jpg

30 sementes 2,50€

https://algarsementes.com/produto/arvore-do-ambar/

 

O liquidâmbar é uma árvore que pode alcançar, no seu local de origem, 40 m de altura, de tronco direito, casca acinzentada, grossa e fendida nos exemplares mais velhos e produz ramos desde a parte inferior do tronco. Os ramos e ramagens mais ou menos encurvados têm umas tonalidades amareladas ou avermelhas, que em conjunto formam uma copa estreita, piramidal e de folhagem. Folhas alternas, caducas, longamente pecioladas, com pecíolo de 6 a12 cm, palmatinervas, com 5 a 7 lóbulos profundos acuminados e finamente serrados, truncados ou cordiformes na base, de limbo com 10 a 18 cm de comprimento; são brilhantes, lisas, emanando um odor a bálsamo quando rompem, com uma coloração verde escura na página superior e verde mais clara na página inferior, tomando várias tonalidades sucessivas antes da queda. Flores pequenas, unissexuais, esverdeadas, reunidas em inflorescências globosas sobre um pedúnculo delgado; as masculinas em racimos, as femininas em inflorescências globosas pendentes. Os frutos são pequenas cápsulas que se reúnem em glomérulos espinhosas de uns 3 cm de diâmetro e sobre longos pedúnculos; cada cápsula encerra 1 ou 2 sementes aladas.

 

O nome vulgar desta árvore, liquidâmbar, procede do nome científico do género. Este nome científico tem uma origem que produz confusão. Desde tempos remotos que se conhece o âmbar como uma resina fóssil procedente de coníferas e muito utilizado em joalharia. Nos países ribeirinhos da parte Oriental do Mar Mediterrânico, existe uma árvore que quando se corta a madeira e a casca, exsuda um líquido resinoso e de agradável odor, os árabes dão-lhe o nome de âmbar e os gregos styrax. Lineu designou esta árvore de "Liquidambar orientalis", do latim "liqueo", que significa destilar e do árabe âmbar. Mais tarde quando designou a árvore que tem vindo a ser descrita, designou-a de "Liquidambar styraciflua" de "styrax" e do vocábulo latino fluere que significa fluir. Liquidambar provém de liquidus  = líquido e ambar = âmbar, alusivo à resina aromática que se obtém da sua casca. Styraciflua significa rico em substâncias gomosas.A sua seiva concentrada é uma goma balsâmica e perfumada, utilizada na produção de perfumes, medicamentos e produtos de higiene.

 

O Liquidambar styraciflua L., prefere os solos frescos, incluindo húmidos mas não encharcados, onde adquire colorações outonais das suas folhas, mais decorativas e duradouras, do que nos locais secos. É geralmente indiferente quanto à natureza dos terrenos. Resiste bem ao frio, mas é conveniente situá-lo em locais abrigados. 

 Foi introduzido na Europa provavelmente em 1681.

Em Serralves, a alameda conhecida vulgarmente por Álea dos Liquidâmbares é dos locais mais apreciados do parque pelo efeito cromático das suas folhas ao longo do ano.

 

 

A madeira do liquidâmbar é de cor castanho-avermelhada, de textura fina e uniforme, moderadamente dura, pesada, rígida e resistente aos golpes, é difícil de secar e torce-se com alguma facilidade. Esta madeira tem um elevado valor comercial e é utilizada para muitos fins nos Estados Unidos, em móveis, marcenaria de interiores, tanoaria, caixas, embalagens e por vezes comercializa-se com o nome de nogueira acetinada. Também se utiliza na indústria de contraplacados e para obtenção de pasta de papel. No passado, era importada para a Europa e era amplamente utilizada, actualmente apenas é usada no seu local de origem. Fazendo-se uma incisão no seu tronco obtém-se um bálsamo com odor a baunilha, de consistência sólida utilizado em medicina, para preparações terapêuticas e como fixador no fabrico de perfumes. Na maior parte dos países, como em Espanha por exemplo, a sua principal utilidade é a ornamental devido principalmente à cor vermelha da sua folhagem no Outono, estando localizado especialmente perto da água.

 

O crescimento inicial do Liquidambar é lento nos três primeiros anos, tornando-se rápido após este período. É uma árvore de grande longevidade podendo viver mais de 400 anos.

 

Sementeira:

  • Fazer a sementeira na primavera,temperatura a rondar os 20º
  • Fazer uma mistura de terra com areia
  • Colocar a mistura num vaso
  • Colocar a semente e cobrir
  • Regar,manter húmido,sem encharcar
  • Germinação,cerca de 6 semanas
  • Manter no vaso nos dois primeiros anos

 

Poderá fazer qualquer encomenda pelo email Algarsementes@sapo.pt  tel/whatsapp: 927620658

Lembramos, que as informações aqui contidas, terão apenas finalidade informativa, não devendo ser usadas para diagnosticar, tratar ou prevenir qualquer doença, e muito menos substituir os cuidados médicos adequado

publicado por Algarsementes às 00:17
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Contactos
Algarsementes@sapo.pt Chamada para a rede móvel nacional Tel:92 76 20 658
Mensagens
comentários recentes
Bom dia Sr António,Agradecemos a partilha da sua e...
blogs SAPO