ALGARCATALOGO

Clique na imagem:

algarsementes
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens
25
Out
18

cebola ailsa craig.jpg

Cebola gigantes Ailsa craig 200 sementes 1,20€ 

 

Cebola 'Ailsa Craig' é uma variedade de cebola amarela com crescimento impressionante. Ao colher, você terá cebolas gigantes que facilmente excedem o quilo, mantendo um sabor doce e doce.

A sementeira de outono é feita em agosto-setembro, transplantando-se em outubro a novembro para áreas com clima ameno e em fevereiro-março para as regiões mais frias. As cebolas precisam de um solo leve, solto e fértil, escolha uma exposição solar e evite solos húmidos.

 

A cebola é uma planta bienal, mas que é normalmente cultivada como uma anual. Seus bulbos são consumidos crus ou são preparados em uma grande variedade de maneiras, e suas folhas ocas, quando jovens, podem ser usadas como um substituto para as folhas das cebolinhas.

As cebolas contêm substâncias que podem ter um potencial benéfico para a saúde humana e são assim também usadas para fins medicinais. Mas enquanto seres humanos podem consumir cebolas sem problemas, estas são tóxicas para vários outros mamíferos, como por exemplo cães e gatos.

Clima

Embora a temperatura ideal para o cultivo de cebola esteja no intervalo de 13°C a 28°C, esta é uma planta bastante tolerante. Há muitas cultivares disponíveis para o plantio, e a cebola pode ser cultivada em uma ampla gama de regiões e climas.

Solo

O solo deve ser bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica, mas esta planta não é exigente quanto à disponibilidade de nitrogênio. O pH do solo deve ser corrigido, se necessário, para algo entre 5,5 e 6,8.

Rega

regue com frequência para que o solo seja mantido úmido durante a fase de crescimento da planta. Diminua a frequência das irrigações quando os bulbos estiverem crescendo. Perto da época da colheita pare completamente a irrigação.

Plantio

O plantio pode ser feito com sementes ou com pequenos bulbos produzidos especialmente para o plantio. A sementeira geralmente é feita em sementeiras e o transplante das mudas para o local definitivo ocorre entre 40 e 60 dias após a sementeira. A germinação das sementes normalmente ocorre entre uma e duas semanas.

Os pequenos bulbos são plantados diretamente no local definitivo, a uma profundidade de 2 ou 3 cm.

O espaçamento recomendado varia com a cultivar e as condições de cultivo, indo geralmente de 25 a 45 cm entre as linhas de plantio e de 10 a 15 cm entre plantas.

Tratos culturais

A presença de plantas invasoras prejudica muito as mudas de cebola, assim estas devem ser eliminadas regularmente até o completo crescimento da planta, tomando o cuidado de não causar danos para as mudas.

Colheita

Para consumo imediato, arranque os bulbos quando necessário em qualquer estágio de desenvolvimento. Para armazenar os bulbos por até alguns meses (geralmente de 3 a 6 meses, dependendo ddas condições de cura e armazenagem), espere até que as folhas mais velhas fiquem secas e os bulbos adquiram a cor externa característica . Arranque a planta inteira, sem que as folhas se soltem do bulbo. A cura é o processo em que a cebola perde o excesso de água. Consiste em deixar as cebolas secando ao sol por 3 a 10 dias, sendo menos dias em regiões quentes e de alta insolação e 10 dias em regiões de alta latitude e menor insolação. Após este período, quando as folhas e a camada externa dos bulbos estiverem completamente secas, as cebolas podem ser armazenadas em locais frescos e secos, em tranças feitas com as próprias folhas, amarradas em varais de madeira ou bambu, ou em caixotes, cortando as folhas e deixando apenas os bulbos. É importante para a conservação das cebolas manter os bulbos secos e com boa ventilação.

 

Poderá fazer qualquer encomenda pelo email Algarsementes@sapo.pt tel:927620658

publicado por Algarsementes às 00:16
Girl in a jacket Botão WhatsApp - Canal TI
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Contactos
Algarsementes@sapo.pt Tel:92 76 20 658
ALGARCATALOGO
comentários recentes
Comprei 15 sementes, porque tenho pouco espaço. Es...
blogs SAPO