ALGARCATALOGO

Clique na imagem:

algarsementes
Bootstrap Example

Lista de Tipos de Sementes:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

19
Mar
21

espinheiro maritimo Elaeagnus-rhamnoides_600x600.jpg

30 sementes 1€

 

O espinheiro maritimo (Hippophae rhamnoides),é  nativa da Europa, Ásia Menor e do Cáucaso onde cresce em solos arenosos, dunas e à beira-mar, onde com frequência forma matagais, mais comum sobretudo na faixa atlântica europeia e no noroeste da China. Na Europa encontra-se ao longo da costa, onde os ventos espalham ar cheio de sal, o que evita que outras plantas se desenvolvam, mas na Ásia central encontra-se em zonas áridas e semi-desérticas, onde outras plantas não sobrevivem à seca; na Europa central e na Ásia tende a ser um arbusto sub-alpino acima da linha de árvores nas montanhas, e outras áreas húmidas como as margens e bancos de areia dos rios.

 

É um arbusto espinhoso que atinge 1-3 metros de altura. Tronco e braças de cor castanho-clara e escamosa. Tem uma copa densa e tronco direito com muitos espinhos. As folhas são muito distintas, duma cor cinza-prateado pálida, lanceoladas, de 3-8 cm de lonjura e menos de 7 mm de largura, prateadas na parte inferior. É uma planta dioica, com espécimes masculinos e femininos. As plantas masculinas produzem flores carmesins, que libertam grande quantidade de pólens que o vento se encarrega de espalhar. As flores são pequenas, unissexuais, de cor verde e formando longos cachos. A planta feminina produz uma espécie de falsas bagas de 6-9 mm de diâmetro, sendo na realidade aquénios de cor alaranjada circundados dum cálice carnoso que lhes dá aspecto de drupa. São frutos moles e suculentos, com alto conteúdo de vitamina C (120mg por 100g);  têm um grande conteúdo de vitamina A, vitamina E, e óleos essênciais. São uma importante fonte de alimentação para os passaros durante o Inverno, especialmente para os tordos e melros.

 

As bagas do espinheiro-marítimo são comestíveis e nutritivas, mas muito amargas e adstringentes, pelo que consumidas cruas não são muito palatáveis, excepto se muito maduros (uma vez seco redúz-se a adstringência) e/ou misturado com frutos mais doces como maçãs ou as uvas. Também se podem utilizar para facer geleias ou compotas. A industria de consumo utiliza as bagas do espinheiro-marítimo para fabricar doces, sumos, cosméticos, e licores. O óleo obtido das bagas tem numerosos usos. Utiliza-se como medicina curativa de numerosas doenças relacionadas com ulcerações e inflamações como feridas gangrenosas, esofagite, úlceras pépticas, colite ulcerosa, e cervicite. Cosmonautas Russos por exemplo, consumiram-nas em órbita.

 

Sementeira:

  • Estratificar as sementes 3 meses
  • Semear na primavera cerca de 25º
  • Colocar as sementes na agua 24h/48horas
  • Preparar um substrato leve e bem drenado,misture terra com areia ou perlite
  • Colocar a mistura num vaso
  • Colocar as sementes e cobrir ligeiramente
  • Regar sem encharcar
  • Cobrir com um celofano
  • Colocar num sitio com luz,mas não pode apanhar sol directo.

 

Poderá fazer qualquer encomenda pelo email Algarsementes@sapo.pt  tel: 927620658

 

 

 

publicado por Algarsementes às 11:43
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Contactos
Algarsementes@sapo.pt Tel:92 76 20 658
Mensagens
comentários recentes
Boa noite Sr Filipe,De momento não temos plantas,m...
blogs SAPO