ALGARCATALOGO

Clique na imagem:

algarsementes
Bootstrap Example

Lista de Tipos de Sementes:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

04
Fev
22

piripiri mix.jpg

20 sementes 3€

https://algarsementes.com/produto/piripiri-mix/

 

As pimentas no gênero Capsicum, os seus frutos são de sabor picante e muito apreciados na culinária de várias regiões do mundo.A capsaicina e algumas outras substâncias relacionadas denominadas capsaicinoides são as responsáveis pela ardência destas pimentas.Em quantidades moderadas, sua ingestão pode levar a uma sensação de bem-estar, graças às endorfinas produzidas pelo sistema nervoso central como resposta ao estímulo gerado pela presença destas substâncias. Mas , também pode facilmente produzir sensações muito desagradáveis, tanto quando ingeridas quanto quando manuseadas. Beber leite ou lavar o local com leite é uma maneira efetiva de aliviar a ardência exagerada. Ingeridas em quantidade, as pimentas podem provocar problemas de saúde, como náuseas, dor abdominal e diarreia.

 

A concentração de capsaicina e outros capsaicinoides no fruto é um dos fatores que determina sua ardência. Outro fator é quais destas substâncias estão presentes no fruto. Cada uma destas substâncias provoca um efeito e uma sensação de ardência ligeiramente diferentes (há 14 alcaloides capsaicinoides conhecidos, incluindo a capsaicina, que é a mais comum). Assim as cultivares de pimenta podem ser mais ou menos picantes, e mesmo pimentas diferentes que estão na mesma escala de ardência podem produzir sensações diferentes, dependendo de quais destes alcaloides estão presentes e quais suas respectivas concentrações.

 

Uma graduação de ardência das pimentas é dada pela escala de Scoville. Primeiramente era uma escala subjetiva, onde determinada quantidade de extrato de alguma pimenta era diluída em quantidades cada vez maiores de água e açúcar até que algumas pessoas não pudessem mais detectar a ardência da solução. A quantidade de água necessária até que a solução não fosse mais descrita como picante pelos provadores dava a quantidade de unidades de scoville da cultivar de pimenta testada. Por exemplo, se o extrato precisasse ser diluído em 10.000 partes de água, a pimenta em questão era dita ter um “grau de calor” ou uma ardência de 10.000 unidades de calor de scoville. Atualmente é utilizada a cromatografia líquida de alta eficiência para a determinação das concentrações de capsaicinoides presentes nos extratos das pimentas e a graduação é dada pelas unidades de pungência da American Spice Trade Association (ASTA), embora estas possam ser convertidas para as unidades de calor de scoville (1 unidade de pungência da ASTA multiplicada por 15 é uma unidade de calor de scoville).

 

Uma importante observação a ser feita sobre qualquer escala de ardência de pimentas é que os valores apresentados para cada cultivar são valores médios obtidos a partir de algumas amostras. Fatores ambientais e de cultivo influenciam a quantidade de capsaicinoides presentes nos frutos, de forma que o real grau de ardência de uma nova amostra de pimenta pode ser tanto maior quanto menor que o valor encontrado nas tabelas para aquela determinada cultivar.

 

No nosso mix de piripiri poderá encontrar  as seguintes variedades:jalapenõ vermelho,jalapenõ chocolate,jolokia vermelha,fresno,jamaica amarelo,cherry chili,habanero,congo trinidad,piripiri limão,strain,naga morich,aji panka,carolina reaper,malagueta.

 

Sementeira:

  • Semear a partir de janeiro em estufa
  • Temperatura entre os 16ºe 35º,temperatura ideal 25º
  • Fazer uma mistura de terra com areia ou perlite
  • Colocar a mistura em vaso ou tabuleiro
  • Colocar as sementes,cobrir e regar
  • Manter húmido,sem encharcar
  • Quando tiver cerca de 15 cm,pode transplantar
  • Pode também cultivar em vasos

 

Poderá fazer qualquer encomenda pelo email Algarsementes@sapo.pt  tel: 927620658

Lembramos, que as informações aqui contidas, terão apenas finalidade informativa, não devendo ser usadas para diagnosticar, tratar ou prevenir qualquer doença, e muito menos substituir os cuidados médicos adequados.O uso de plantas medicinais devem sempre ser aconpanhado por profissionais habilitados nessa area.

 

publicado por Algarsementes às 14:30
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Contactos
Algarsementes@sapo.pt Chamada para a rede móvel nacional Tel:92 76 20 658
Mensagens
comentários recentes
Bom dia Sr António,Agradecemos a partilha da sua e...
blogs SAPO